InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 "Meu dia chegará" - Eddie Alvarez

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
l7
Moderadores
Moderadores


Mensagens : 806
Data de inscrição : 30/05/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: "Meu dia chegará" - Eddie Alvarez   Qua Ago 27, 2008 8:10 pm

Eddie Alvarez entrou do Gp dos leves do Dream como um azarão no meio de um torneio cheio de estrelas Após vencer andré “dida”Amade, Joachim Hansen e Tatsuya Kawajiri ele conseguiu seu lugar nas finais mas teve que desistir dela por causa de um corte sofrido na Semi-final naquela mesma noite.

Os espectadores que lotavam o Osaka Castle Hall em Osaka , Japão no dia 21 de julho assistiram uma das candidates a luta do Ano quando Alvarea e Kawajiri se degladiaram por sete minutos e meio para determinar quem avançaria a final para pegar o favorito Shinya Aoki, que havia derrotado Caol Uno na luta anterior.

”Uma vez que sentimos o poder um do outro e nos socamos, aquilo se tornou uma tempestade” – disse o lutador da Philadelphia ao MMAWeekly

Alvarez recebeu um corte sob seu olho direito na luta e a ação foi interrompida para checar isto exatamente quando Alvarez aparentemente tinha Kawajiri machucado e cansado. Perguntado sobre a decisão dos árbitros de checar o corte naquela hora, ele respondeu :” A única coisa que eu pensei foi que eles estavam dando a Kawajiri tempo para ter seu fôlego de volta

“Era parte do meu plano acelerar. Ele tem 30 anos e eu 24. Meu condicionamento comparado a maior parte dos lutadores por ai é o que me faz vencer minhas lutes.” Cravou o peso leve. “Eu estou preparado para atacar o tempo todo e continuar indo. Aquela á minha grande vantagem e eles estavam tirando isto de mim para dar a ele tempo de se recuperar”

“ Eu estava sempre falando com os árbitros enquanto estava no córner, eu estou bem , eu estou bem , me deixem voltar” e acrescentou: “ eu não sei se era mais sobre verificar meu corte ou dar a ele fôlego”

50 segundos depois a luta recomeçou e quase que imediatamente Kawajiri acertou Alvarez com um soco que o levou ao chão mudando o momento da luta. Alvarez logo achou-se montado e com um grande problema. Mas ele logo escapou e voltou a ficar de pé aonde ele iria nocautear seu oponente .

Em um torneio onde você compete mais do que uma vez na noite a comemoração por uma vitória logo dá lugar ao descanso, re-hidratação e a preparação para a próxima luta. E foi o que alvarez fez.

“Eu voltei aos bastidores, esfriei e tudo o que tinhamos treinado durante os últimos seis meses estava acontecendo. Eu já havia passado por esses desafios algumas vezes então eu apenas fiz o que tinha treinado” explicou Alvarez. “ eu voltei e comecei a esfriar, a receber massagens. Eu estava recarregando o que tinha perdido como carbohidratos e proteinas. Eu me sentia muito bem. Com 15 ou 20 minutos eu me sentia novo e só lembrava que tinha que manter meus olhos abertos”

“Os médicos vieram me checar e tudo parecia bem. Todas as vezes que eles vinham me checar eles pareciam positivos, então eu estava muito confiante de que estaria apto para lutar a final. Finalmente eles me mandaram sete médicos diferentes, todos eles me checaram , eu passei em todos os seus testes. Eles me perguntavam quantos dedos eu tinha e não tinha. Eu passei em tudo numa boa e estava concentrado”

“ Então de repente eles estavam numa confusão e eu estava como “ o que diabos está acontecendo aqui !” alguém pode por favor traduzir o que eles estão falando ou me deixar saber o que está rolando?” continuou Alvarez. “Finalmente o Matchmaker veio falar comigo e eles achavam que se eu voltasse lá e fosse acertado poderia ficar cego. Eles talvez achavam que eu poderia ficar cego ali mesmo antes de voltar para o ringue. Na parte branca do meu olho havia uma bolha de sangue saindo do meu olho como uma protuberância.eles achavam que se aquilo explodisse eu poderia ter problemas de visão.”

“ Eu entendia que eles queriam manter minha saúde, mas eu perguntei ao cara :” isso não é nada. 100.000 pode concertar isso? Eu quero a grana cara. Ele me olhou e disse ” serio, não posso deixar você voltar “e eu comecei a chorar como uma garota. Eu não podia aceitar aquilo.. eu trabalhei tão duro para chegar ali.”

Alvarez tenta ser positivo quando olha para situação ocorrida fica satisfeito com sua performance: “ Não me arrependo de nada que fiz naquela noite" afirma o ex campeão dos meio-medios do Bodog Fight. “ A única coisa que me deixa triste com isso tudo é que eu não peguei o grande cheque que eu queria..eu queria usar aquela grana... eu realmente queria. Mas tirando isso nada me desapontou. Eu fiz tudo o que dependia de mim.”

“A situação foi ruim porque tudo o que dependia de mim e que estava ao meu alcance eu fiz. Como minha performance e nocautear. Eu estava feliz com isso. Eu itnha tudo sob controle, mas existem coisas que estão além de mime do meu controle.”

Joachim Hansen substitui Alvarez na final e derrotou Aoki para vencer o GP. Deixando o desapontamento para trás, Álvares olha para o futuro: “Eu queria aquele dinheiro sim mas eu continuo sendo o único lutador invicto naquele torneio e estou feliz com isso” e reflete “ Meu dia vai chegar”

Fonte:MMAWeekly
tradução: Ultimoround.com.br

_________________
lutar é sinceridade _'' conhece a ti mesmo''
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
"Meu dia chegará" - Eddie Alvarez
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» MODELOS FORD TEM OS PREÇOS MAIS ECONÔMICOS NA "CESTA BÁSICA" DE PEÇAS E SERVIÇOS
» "TETO SOLAR" PARA A "CAPOTA DE INVERNO"...........JANELA.
» [Resolvido]QUARTA PROMOÇÃO "VISITE O PLANETA"
» Regras da "Feira da Ladra"
» "A INÚTIL"(professora) escreveu a Miguel Sousa Tavares.....

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Vale Tudo - MMA :: MMA-
Ir para: