InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Longe dos ringues desde setembro do ano passado, quando sofreu uma contusão no braço no Sengoku, Evangelista Cyborg volta a ação nesta sexta-feira,

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
PIRATEX
Usuário Heavyweight
Usuário Heavyweight


Mensagens : 51
Data de inscrição : 16/04/2009
Idade : 62
Localização : curitiba

MensagemAssunto: Longe dos ringues desde setembro do ano passado, quando sofreu uma contusão no braço no Sengoku, Evangelista Cyborg volta a ação nesta sexta-feira,   Qui Jun 18, 2009 9:45 pm

Cyborg ansioso para voltar aos ringues
Ivan Canello
Longe dos ringues desde setembro do ano passado, quando sofreu uma contusão no braço no Sengoku, Evangelista Cyborg volta a ação nesta sexta-feira, quando enfrentará Joey Vilassenor no Strikeforce Challengers. Em entrevista ao Portal do vale Tudo, Cyborg falou sobre sua recuperação e a expectativa pelo retorno ao ringue.



Portal do Vale Tudo - Como estão as coisas?
Evangelista Cyborg - Estou muito bem, um pouquinho ansioso pra lutar, mas to 100%.


PVT - Como está sendo o treinamento para a luta contra Villasenor?

Cyborg - Estou treinando muito, meu cardio, meu boxe e jiu jitsu. Acredito que o treino ta sendo muito forte e bom. Vai ser minha primeira luta pro StrikeForce e quero dar meu máximo pra essa luta.



PVT - Você esteve parado devido a uma lesão no cotovelo, como você se sentiu nos treinos após essa lesão?

Cyborg - Hoje estou 100% curado da lesão do cotovelo e sem nenhuma outra lesão. Eu fiz muita fisioterapia e o médico me acompanhou de perto e me liberou pra treinar. Desde que cheguei na América o treino ta muito forte e estou muito bem concentrado. É uma nova classe de peso pra mim, estou descendo de 93 e vou ter a pegada de 93kg, vou botar pressão.


PVT - Você é um dos lutadores remanescentes na Chute Boxe. Como tem sido as coisas desde a saída de alguns de seus integrantes?

Cyborg - A verdade é uma só, a Chute Boxe perdeu com a saída dos atletas, mas os atletas perderam muito também deixando a Chute Boxe. O que importa é que o trabalho ta sendo muito bem feito com o Mestre Nilson Castro no Brasil e aqui na América, eu, a Cris e o Werdum estamos treinando muito forte também nas academias que freqüentamos.


PVT - O que você pensa do Villasenor?

Cyborg - Ele é um lutador muito bom, está vindo de uma sequência muito boa de lutas e é exatamente isso que eu quero pra mim. Eu quero enfrentar os melhores lutadores e ele vai ser o primeiro passo para o título até 185 pounds.


PVT - Esta vai ser sua primeira luta nos EUA, você acha que isso pode fazer diferença pra você?

Cyborg - Na verdade é um motivo a mais que eu tenho para entrar motivado e mostrar o meu trabalho. Aqui nos EUA poucas pessoas me conhecem e vou entrar daquele jeito, acelerado e agressivo, pra chocar mesmo. Esse é meu estilo e eu quero mostrar esse estilo agressivo 121 que mostrei no Japão, Inglaterra e Brasil.


PVT - Como você prevê essa luta com o Villasenor e como você acha que vai acabar?
Cyborg - Vai ser porrada. Ele gosta de trocar e eu então sou louco por trocar soco. O resultado vai ser nocaute! Eu vou nocautear ele! Se eu tiver oportunidade de mostrar meu chão vou mostrar e pegar o pé dele, ele que se cuide.


PVT - Você treina com a Cris Cyborg, sua esposa. Isso faz o casamento e a vida profissional mais fácil?

Cyborg - Eu não acredito que isso favorece o casamento, nem atrapalha. Mas na vida profissional com certeza é bom, nós estamos sempre nos ajudando, às vezes ela luta e eu não, às vezes eu luto e ela não, então nosso treino é contínuo pra ajudar um ao outro.



PVT - Finalmente a Cris vai enfrentar Gina Carano, como você vê essa luta?

Cyborg - Essa é a luta que todos estavam esperando. Gina vai sentir uma pressão que nunca sentiu na vida, e agora com 5 rounds de 5 minutos o bicho vai pegar pro lado dela. A Cris vai vencer e se mostrar como a real número 1.



PVT - Como apareceu a oportunidade de lutar no StrikeForce?

Cyborg - Na verdade eu to com contrato com o StrikeForce há mais de um ano. Mas sempre tive contratempos que me fizeram não competir aqui, primeiro foi visto, depois as lutas no Sengoku e por último a minha lesão no cotovelo. Mas agora estou aqui, pronto e vou com tudo pra colocar meu nome na mente da galera e pra firmar mais ainda o StrikeForce como o segundo maior evento da América.


PVT - Obrigado pela entrevista, se tiver algum recado ou agradecimento fique a vontade.

Cyborg - Eu quero agradecer primeiramente os fãs de MMA, agradecer o Mestrão Rudimar que está 100% comigo e agradecer também a empresa ICCMMA que toma conta da minha carreira e conseguiu os patrocínios da Toe2Toe, Hayabusa e Nutrishop.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.afortec.com
 
Longe dos ringues desde setembro do ano passado, quando sofreu uma contusão no braço no Sengoku, Evangelista Cyborg volta a ação nesta sexta-feira,
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Vibração quando da ré
» Alarme quando desativa faz algum som ou barulho?
» Filtros, quando é a hora de trocar?
» quando sera que volta a ser tudo regime livre
» Eleiçoes Autarquicas - 29 Setembro - Caça

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Vale Tudo - MMA :: MMA-
Ir para: