InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Entrevista com Ronaldo Jacaré, Jacaré concede entrevista a TATAME

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
l7
Moderadores
Moderadores


Mensagens : 806
Data de inscrição : 30/05/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Entrevista com Ronaldo Jacaré, Jacaré concede entrevista a TATAME   Sex Jun 27, 2008 4:32 pm

Depois de eternizar seu nome no Jiu-Jitsu, Ronaldo Jacaré está partindo pra cima nos eventos de MMA e está mostrando que veio pra ficar. Na última edição do Dream, Jacaré derrotou Jason Miller e garantiu sua presença na semifinal do GP dos médios. Em entrevista exclusiva ao site TATAME, Jaca comentou sua última vitória, falou sobre o desempenho dos lutadores brasileiros de sua categoria e ainda deu a sua opinião sobre a saída do Leozinho Vieira da Brasa, além disso, revelou que não considera Melvin Manhoef um adversário tão perigoso. Confira abaixo a entrevista completa com Ronaldo Jacaré:




O que você achou do seu desempenho?

Achei que foi uma luta muito boa, mas eu ainda preciso melhorar muito. Errei em vários momentos. Eu sei onde errei, porque errei e vou treinar mais, vou preencher o que está faltando. Como todos viram, o Jiu-Jitsu é o caminho, então vou ter que treinar mais Jiu-Jitsu e me adaptar mais ao MMA. Mas eu fiquei muito feliz, peguei um cara que já ganhou de vários campeões e se for analisar, ele não fez praticamente nada, só fez se defender.

O que faltou para uma finalização?

Senti dificuldade. Cheguei a pegar as costas dele, fiquei na posição, mas infelizmente não consegui finalizar. No final do segundo round, engatei uma chave muito justa no pescoço, mas ele puxou minha mão. A próxima vez que eu pegar alguém pelas costas eu vou ter mais facilidade de finalizar, porque essa luta foi um grande aprendizado pra mim.

O que você achou da luta entre o Kazushi Sakuraba e o Melvin Manhoef?

Achei que o Manhoef fez tudo certinho e mereceu ganhar. Agora, se a gente for analisar o Sakuraba ele não está com a grande forma que tinha antes. Durante o evento, teve uma hora que fui até lá fora e vi o Sakuraba fumando.

Você acha que o Manhoef pode ser um bom adversário?

Ele já disse que prefere lutar com outro adversário, e acho que ele disse isso porque ele se complica muito no chão. Ele é um cara experiente, forte, explosivo, tem um cartel muito sinistro, mas no chão ele cansa. Ele não tem muita opção no chão.

Os japoneses já anunciaram quem será seu próximo adversário na semifinal?

Ainda não.

Serão duas lutas na mesma noite para ser campeão do GP. Qual o caminho para se sair bem?

Realmente eu cansei muito no segundo round da última luta, mas, depois, eu consegui descansar e fazer essa luta tranqüilo. Nessa segunda fase agora vou treinar mais, me adaptar mais e vou fazer um ótimo trabalho para ser campeão.

Se você conquistar o cinturão, quais os seus planos?

Continuar no Japão, até porque eu tenho um contrato a cumprir com o Dream.

Você acha que os atletas mais fortes da sua categoria estão nos EUA ou ainda tem muito cara duro no Japão?

Tem lutadores tops em todos os eventos. Estou lutando no Japão, focado no Japão e, assim como em outros eventos, tem grandes lutadores.

O Demian Maia falou que você vai ajudá-lo para o UFC 87...

Eu estou aqui no Brasil e estou esperando ele chegar dos Estados Unidos. Na verdade nós vamos nos ajudar. Queremos crescer como atletas e vamos nos ajudar para isso. Espero que, nessa outra luta dele, ele ganhe e que seja eleita a melhor finalização.

O que você acha da luta entre Toquinho e Dan Henderson?

Toquinho é o Toquinho, ele é o cara, ele vai arrebentar. Ele está bem, passando por uma grande fase. É um grande atleta, um grande finalizador e qualquer um deve se complicar com ele. Ele ganha com certeza.

Você acha que o Anderson Silva vai se dar bem no UFC Fight Night competindo uma categoria acima da que costuma dar show?

O Anderson está numa grande fase. Além de ser eleito pelos americanos como o homem mais perigoso do mundo, mostrou, na prática, que é o homem mais durão do mundo. Não tem como negar isso. Vou torcer por ele, vou parar para assistir e com certeza ele vai dar o show que ele sempre dá.

Os dois maiores lutadores da sua categoria hoje são o Paulão e o Anderson. Você tem vontade de lutar com eles ou você prefere não enfrentar brasileiros?

Hoje em dia, o profissionalismo fala mais alto. Eu, com certeza, lutaria com eles, até porque eles são os maiores nomes do MMA, provaram isso na prática. Sou louco pelo Paulão, gosto do estilo dele, de ver ele lutar, acho que ele é um grande lutador, é um fenômeno. Quem não gostaria de lutar com o melhores?

Você esteve no Mundial de Jiu-Jitsu e viu a segunda vitória do Xande em cima do Roger. O Xande é o melhor do mundo ou o Roger ainda é o cara a ser batido?

O Xande venceu o Mundial lutando Jiu-Jitsu, não tem esse negócio de dizer que ele ganhou na tática. Se o Roger quisesse lutar puxaria para a guarda, tentava derrubar. Quanto ao Roger, ele vai ser sempre o cara a ser batido, o cara tem um Jiu-Jitsu fenomenal, mas ele parou no Xande. O Xande foi melhor.

Mesmo com a derrota, o Roger está sendo apontado como o melhor Grappler do mundo. Você concorda?

O Xande é duas vezes campeão mundial. Só que o Roger, sem quimono, é o melhor Grappler do mundo. Ta provando isso. Os dois são parelhos ali no Jiu-Jitsu, mas o Xande está melhor, com certeza.

O que você achou da saída do Leozinho da Brasa?

O Leozinho é um cara que tem um coração muito bom, competente, já fiz negócios com ele e acho que foi um dos poucos caras que mostrou preto no branco pra mim. Para ele sair da equipe, acho que teve um bom motivo. Acho que a Brasa não acaba, a Brasa continua com a mesma força independente de tudo. O Leozinho foi uma das pessoas que construiu a Brasa, por isso que ela é grandiosa e só tem campeão, é uma das melhores equipes. Sinceramente, eu não sei no que vai dar, mas acho que não vai acabar.

Gostaria de deixar uma mensagem para seus fãs?

Estou subindo degrau por degrau. Tenho que melhorar muito ainda e vou melhorar. Em relação ao Anderson e ao Paulão, eles estão à frente, estão lá em cima e eu to subindo agora. Quero desejar todo sucesso para esses dois. O Anderson vai arrebentar na próxima luta, vou torcer muito por ele. E podem acreditar que vou ser campeão nesse GP. Assistam a luta, porque não vai ser fácil para os meus adversários. Também quero agradecer a torcida da galera que está acompanhando, meus amigos, todo mundo. Só tenho a agradecer.





Fonte: Tatame

_________________
lutar é sinceridade _'' conhece a ti mesmo''
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ali
Usuário Heavyweight
Usuário Heavyweight


Mensagens : 226
Data de inscrição : 27/06/2008

MensagemAssunto: Re: Entrevista com Ronaldo Jacaré, Jacaré concede entrevista a TATAME   Sex Jun 27, 2008 10:29 pm

Boa entrevista. Manhoeff é parada complicada, mas creio que o brasileiro tem chances.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Entrevista com Ronaldo Jacaré, Jacaré concede entrevista a TATAME
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Entrevista com Alexandre Garcia
» ENTREVISTAS TÉCNICAS
» Vilner cria interior exótico com couro de crocodilo para o Mercedes-Benz SL
» Mario Spitzner sugeriu placa com assinatura nos motores AMG - Entrevista
» Mais uma reportagem na Globo falando de motos e velocidade..

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Vale Tudo - MMA :: MMA-
Ir para: