InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 A mãe aflita e as sementes de mostarda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
PIRATINHA
Usuário Heavyweight
Usuário Heavyweight


Mensagens : 442
Data de inscrição : 05/05/2008
Idade : 62

MensagemAssunto: A mãe aflita e as sementes de mostarda   Qui Jul 17, 2008 6:21 am

pirat xi coloquei no lugar errado

A mãe aflita e as sementes de mostarda


Lembre-se, a cada momento, o que você está acumulando - se trata de algo que vai ser tirado pela morte? Se for, então não vale a pena se incomodar com isso. Se isso não vai ser tirado pela morte, então até mesmo a vida pode ser sacrificada por isso porque mais cedo ou mais tarde a vida vai desaparecer. Antes que a vida desapareça, aproveite a oportunidade para encontrar aquilo que nunca morre.


O marido de uma mulher morreu. Ela era jovem, tinha somente um filho. Ela queria cometer sati, queria pular na pira funerária do marido dela, mas essa criancinha a impediu. Ela precisava viver por causa dessa criancinha.

Porém o filhinho morreu; agora isso era demais. Ela quase ficou louca, perguntando às pessoas, “Existe algum médico em algum lugar que possa trazer meu filho de volta? Eu vivia só para ele, agora toda minha vida ficou simplesmente vazia.” Aconteceu que Buda estava vindo para a cidade, então as pessoas disseram, “Leve o seu filho até Buda. Diga a ele que você estava vivendo para esta criança, que morreu, e peça a ele, ‘Você é uma pessoa tão iluminada, chame-o de volta à vida! Tenha piedade de mim!”

Assim ela foi até Buda. Ela colocou o corpo morto da criança aos pés de Buda e disse, “Traga-o de volta à vida. Você conhece todos os segredos da vida, você alcançou o ápice da existência. Não pode você fazer um pequeno milagre para uma pobre mulher?”

Buda disse, “Posso fazê-lo, mas há uma condição.”

Ela disse, “Eu cumprirei qualquer condição.”

Buda disse, “A condição é, vá pela cidade e de uma casa onde jamais alguém tenha morrido, traga algumas sementes de mostarda.”

A mulher não conseguia entender a estratégia. Ela chegou numa casa, e eles disseram, “Algumas sementes de mostarda? Podemos trazer uma carroça cheia de sementes de mostarda se Buda puder trazer seu filho de volta à vida. Mas temos visto tantos mortos em nossa família... “
Era uma cidade pequena, e ela foi em cada casa. Todos queriam ajudar: “Quantas sementes você quer?” Mas a condição era impossível de cumprir pois todos eles haviam tido muitas mortes em suas família.

No final do dia ela compreendeu que todo aquele que nasce um dia vai morrer, então qual é o sentido de trazer a criança de volta de novo? “Ela irá morrer novamente. É melhor que você mesma procure o eterno, o qual nunca nasce e nunca morre.” Ela retornou, de mãos vazias.

Buda perguntou, “Onde estão as sementes de mostarda?” Ela sorriu. Pela manhã ela tinha vindo chorando; agora ela sorriu, e disse, “Você me pregou uma peça! Todo aquele que nasce vai morrer. Não existe nenhuma família no mundo onde ninguém tenha morrido. Assim eu não quero que meu filho volte a viver, pois não faria sentido. Esqueça a criança. Me inicie na arte da meditação para que eu possa ir para o terreno, para o espaço da imortalidade, onde nascimento e morte jamais aconteceu.”

É Isso que chamo de um autêntico milagre: cortar o problema pela raiz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Home.aspx
 
A mãe aflita e as sementes de mostarda
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Tavares e Mostardas - RS
» Dois QQ's - Catchup e Mostarda
» Picanto 2012 - J.368 - AT - Amarelo Mostarda - RS
» Perigos em amparo / morungaba!!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Vale Tudo - MMA :: MMA-
Ir para: